Company Logo

Parceiros

Contador de Visitas

1343936
Hoje Hoje 5
OntemOntem1049
Essa SemanaEssa Semana6077
TotalTotal1343936
54.145.95.149
Usuários logados 0
Visitantes 22
Usuários Registrado 3

Ex-prefeito de Januária, Maurílio Arruda, é preso pela Polícia Federal

Segundo a PF, Maurílio estava foragido e contra ele havia um mandado de prisão preventiva expedido durante a Operação Rua da Amargura, que investigou fraudes em licitações em 2016.

 

O ex-prefeito de Januária, Maurílio Neris de Andrade Arruda, foi preso nessa quarta-feira (9), em Montes Claros. De acordo com a Polícia Federal, Maurílio Arruda estava foragido e contra ele havia um mandado de prisão preventiva em aberto expedido pela Justiça Estadual de Januária durante a Operação Rua da Amargura, que investigou fraudes em licitações em 2016. O ex-prefeito foi capturado no Bairro Todos os Santos.

“Ele foi preso logo após sair da sede da Procuradoria da República. Como já estávamos o acompanhando havia algum tempo, foi possível prendê-lo imediatamente após deixar o prédio do MPF”, explicou o delegado da Polícia Federal, Marcelo Freitas.

Segundo a Polícia Federal, ele estava foragido desde o final das eleições de 2016. Em setembro, Arruda fugiu de uma viatura em Montes Claros, durante a Operação Rua da Amargura. Na época, o ex-prefeito foi recapturado em Belo Horizonte enquanto buscava um habeas corpus junto ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), mas foi liberado por um salvo-conduto, porque era candidato à prefeitura de Januária e não poderia ser preso no período de 15 dias que antecede as eleições.

De acordo com a Polícia Federal o ex-prefeito foi encaminhado ao presídio regional de Montes Claros após passar por exame de corpo delito. O G1 procurou a defesa do ex-prefeito que ainda não se posicionou.

 

Investigação

Nas investigações, os laudos de engenharia atestaram que várias obras de pavimentação, em Januária, não foram concluídas e que os envolvidos fraudavam processos licitatórios, direcionando a contratação de obras para uma empresa que também fazia parte do esquema criminoso.

Segundo a PF, um empresário que firmou acordo de cooperação premiada, contou que grande parte dos recursos públicos era desviado pelo grupo, sendo que o ex-prefeito recebia parcela significativa de propina paga a quadrilha.G1/grandeminas

Criança de 5 anos é morta a facadas pelo tio em Montes Claros

 

De acordo com a Polícia Militar, a criança foi atingida por golpes de faca no coração e pulsos; homem foi preso e autuado por homicídio doloso qualificado.

 

Uma criança de 5 anos foi assassinada a facadas pelo tio, de 32, na noite dessa segunda-feira (7), em Montes Claros, no Norte de Minas. De acordo com a Polícia Militar, ela foi atingida no coração e nos pulsos. O menino chegou a ser socorrido por um vizinho e encaminhado ao hospital Universitário; segundo a assessoria, ele passou por cirurgia e morreu na madrugada desta terça-feira (8).

“A família acionou a Polícia Militar e o tio estava na casa, e, não reagiu a prisão. A faca usada no crime foi encontrada dentro do quarto dele, debaixo de umas roupas. A única coisa que ele falou para os militares era que queria tirar a vida da criança. No momento do crime, havia familiares na casa, mas não no quarto onde a criança foi morta. A mãe estava trabalhando e o pai não mora com eles. A família chegou a dizer que o suspeito toma remédios, mas somente um médico poderá avaliar as condições dele”, explicou o tenente André de Souza.

O homem foi ouvido na delegacia e autuado por homicídio doloso qualificado, com uso de crueldade na ação. A motivação do crime será investigada pela Polícia Civil.

G1/GRANDEMINAS


Equipamentos foram instalados em diversas regiões do estado.

 

Nove radares de excesso de velocidade começam a multar em rodovias mineiras nesta terça-feira (8), segundo o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (Deer/MG).
São oito dispositivos de 60 km/h e um de 40 km/h, em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Eles já estavam funcionando em modo educativo desde o dia 1º de agosto.
Veja abaixo os locais onde os novos radares foram instalados.
MGC-262, quilômetro 302,7, em Sabará;
MG-285, quilômetro 81,2 e 81,4, em Astolfo Dutra;
MGC-482, quilômetro 160,8, em Viçosa;
MG-188, quilômetro 31,0, em Unaí;
LMG-628, quilômetro 51,0, em Unaí;
MG-202, quilômetro 392,0, em Arinos;
MG-181, quilômetros 198,2 e 201,5, em João Pinheiro.

Fonte: g1/grandeminas

ATUALIZAÇÃO
Publicado abaixo - fonte site da bahia _ http://www.geraldojose.com.br/index.php?sessao=noticia&cod_noticia=91333 o nome do quinto morto em confronto com a polícia na Bahia como , Osvaney Oliveira Pereira. segundo outras fontes este não é o quinto suspeito . O verdadeiro participante do grupo de suspeito do assalto, segundo os sites www.coronelnoticiaspoliciais.blogspot.com.br e www.itapetingaagora.net o verdadeiro quinto envolvido é SALOMÃO SANTOS TRINDADE, 30 anos.


Abaixo a matéria dos dois sites:


Publicado acima no o nome do quinto morto em confronto com a polícia na Bahia como , Osvaney Oliveira Pereira, não é o verdadeiro participante do grupo de suspeito do assalto, segundo os sites www.coronelnoticiaspoliciais.blogspot.com.br e www.itapetingaagora.net o verdadeiro quinto envolvido é SALOMÃO SANTOS TRINDADE, 30 anos.
Abaixo a matéria dos dois sites:

O Quinto Morto Envolvido no Confronto com a Policia foi Identificado
Quinto Morto em Confronto com a Policia, em Juazeiro, tem Identificação Confirmada

Já foi identificado o quinto homem morto em confronto com a Polícia Militar, na terça-feira (01) em Juazeiro. Trata-se de Salomão Santos Trindade, natural de Itambé – Ba.

A informação foi colhida pelo Blog junto a fonte na delegacia de Polícia Civil de Juazeiro, que já havia identificado quatro dos cinco mortos: Cleyton Alves Tenório, que era motorista do Samu em Juazeiro; Wescley Aguiar de Oliveira, João Augusto Leal do Vale, Júlio Carlos Pereira Rocha.

Principais suspeitos de terem assaltado o Banco do Brasil de Sobradinho e de estarem planejando um assalto a agencia bancária em Sento-Sé, eles teriam entrado em confronto com a polícia, após invasão à residência onde se encontravam, no Bairro Jardim Flórida, em Juazeiro.

Uma quinta pessoa foi presa no local do crime e já prestou depoimento na audiência de Custódia, mas o teor do depoimento não foi divulgado pela polícia.

Como o Blog já apurou, pelo menos três dos mortos tem passagens pela polícia.


De acordo com as informações colhidas pela polícia, dois dos mortos já tiveram os corpos liberado pelo DPT, sendo o do motorista do SAMU, em Juazeiro, e do quinto identificado, Salomão Santos Trindade.

Fonte:coronelnoticiaspoliciais.blogspot.com.br


IDENTIFICADO O 5º ASSALTANTE DE BANCO MORTO EM CONFRONTO COM A PM DE JUAZEIRO.

Foi identificado como sendo o corpo de SALOMÃO SANTOS TRINDADE, 30 anos, o 5º Bandido morto em confronto com a Policia Militar, em Juazeiro – Bahia, nessa terça-feira (01).
Supostamente , SALOMÃO estava envolvido em uma quadrilha de assaltos a bancos e iria cometer assaltos naquela região, até serem surpreendidos pela RONDESP em Juazeiro. 05 Bandidos morreram no confronto com os Policiais Militares.
O corpo do bandido será conduzido para a cidade de Itambé ainda nessa noite de quarta (02), sendo velado e sepultado na cidade do sudoeste na manhã de quinta (03). Salomão era natural e morador da
Cidade de Itambé, onde possuía família.
http://www.itapetingaagora.net

Vereadores de Santa Bárbara presos durante operação Apollo 13 são investigados por cerca de 50 crimes

Segundo investigações, organização criminosa atuava na Câmara Municipal desde 2013; recebimento indevido de diárias e irregularidades envolvendo aluguel de veículos fazem parte da lista de atos ilegais praticados

 

Nove pessoas, incluindo o atual e o ex-presidente da Câmara Municipal de Santa Bárbara, na região Central do estado, além de outros vereadores dessa e da última gestões, seguem presas preventivamente após a deflagração, na última semana, da operação Apollo 13 pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e pela Polícia Civil. A operação, realizada com o objetivo de desmantelar uma organização criminosa que agia na casa legislativa, resultou, ainda, no cumprimento de nove mandados de condução coercitiva e vinte mandados de busca e apreensão.

As investigações sobre o grupo tiveram início em 2014, com a instauração de inquéritos civis pela Promotoria de Justiça de Santa Bárbara, a partir de representações levadas ao órgão pela população. Conforme a promotora de Justiça Carla Rodrigues Fazuoli, surgiram fortes e graves indícios de atos ilegais praticados pelos investigados que se enquadravam em fatos típicos previstos no Código Penal, Lei de Licitações e Lei de Organização Criminosa.

Parlamentares, ex-parlamentares, servidores públicos e empresários são investigados pela prática de aproximadamente 50 crimes, que, segundo a promotora de Justiça, estariam sendo cometidos desde 2013. Entre as infrações, figuram integração à organização criminosa, embaraço às investigações, supressão de documentos, peculato, corrupção ativa e passiva, prevaricação, falsificação de documento público, falsidade ideológica, dispensa ilegal de licitação e frustração ou fraude mediante ajuste e outro expediente do caráter competitivo do procedimento licitatório. Também são objetos de investigação os gastos de aproximadamente meio milhão de reais com publicidade.

 

Intercepção telefônica

Perícia esteve no local e constatou que os dois cofres foram arrombados; durante as explosões, as casas dos militares e o destacamento da polícia foram cercados.

Por Juliana Peixoto, G1 Grande Minas

Criminosos conseguiram explodir o crofre (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

 

riminosos explodiram uma agência bancária e os Correios, em Gameleiras, no Norte de Minas, na madrugada desta terça-feira (1). De acordo com as primeiras informações da Polícia Militar, quatro homens estão envolvidos nas explosões. Durante a ação, as casas dos militares e o destacamento da polícia foram cercados. A perícia esteve no local e constatou que os dois cofres foram arrombados. Não há informações se alguma quantia em dinheiro foi levada.
As agências ficam uma ao lado da outra e ficaram destruídas. Moradores e militares relataram terem escutado três explosões e disparos de armas de fogo. A suspeita é que os bandidos estavam armados com fuzis e pistolas.

Carro utilizado na fuga foi encontrado na zona rural de Porteirinha (Foto: Polícia Militar/ Divulgação)


Durante rastreamento, um veículo utilizado na fuga foi encontrado pela PM abandonado na zona rural de Porteirinha. O carro tinha placas de Itiruçu (BA). Na carroceria, foi encontrado um colchão, que segundo a PM, era usado pelos bandidos para se esconderem durante os crimes e para percorrerem caminhos longos.
Até o momento ninguém foi preso e equipes da Companhia de Missões Especiais de Montes Claros fazem buscas na região.


Já está em vigor a lei que prevê medidas preventivas para conter a violência sofrida por professores e servidores da educação em Minas Gerais. Entre as ações está o afastamento do agressor da instituição de ensino. A Lei 22.623, que torna mais rígida a punição dos infratores e dita normas a serem seguidas pelas escolas, foi sancionada nesta sexta-feira (28) pelo governador Fernando Pimentel (PT).

Conforme o texto, é considerada violência qualquer ação ou omissão que cause a morte, lesão corporal, dano psicológico ou psiquiátrico no profissional, além de dano ao patrimônio. A regra também inclui ameaça à integridade física ou patrimonial do servidor.

A partir de agora, as escolas terão que adotar as seguintes medidas após casos de violência:

- Acionar a Polícia Militar e registrar boletim de ocorrência;

- Encaminhar o servidor agredido ao atendimento de saúde;

- Afastar o agressor do convívio com a vítima no ambiente escolar, possibilitando ao servidor o direito de mudar de turno ou de local de trabalho ou se afastar de suas atividades;

- Iniciar os procedimentos necessários para a caracterização de acidente de trabalho.

Prevenção

Dois ex-prefeitos são presos em operação para combater fraude em contratação de transporte escolar em Esmeraldas

 

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da Promotoria de Justiça de Esmeraldas e do Grupo Especial do Patrimônio Público (Gepp), e a Polícia Civil deflagraram na manhã de 17 de julho, operação para combater fraude em licitação para contratação de empresas que realizam transporte escolar e de pessoas com deficiência em Esmeraldas, a 60 km de Belo Horizonte.

Durante a ação, 14 pessoas foram presas preventivamente, incluindo dois ex-prefeitos, ex-secretários do município e empresários do ramo de transporte, todos suspeitos de envolvimento na fraude, de prática de corrupção ativa e passiva e de lavagem de dinheiro. Foram cumpridos ainda 26 mandados de busca e apreensão e cinco de condução coercitiva, em Esmeraldas e outros municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Conforme o promotor de Justiça Fabrício José da Fonseca Pinto, do Gepp, entre 2009 e 2016, as empresas investigadas atuaram em conluio para vencer processos licitatórios em Esmeraldas, eliminando a concorrência e a licitude do procedimento. Ele explica que a empresa contratada recebia por quilômetro rodado, porém “terceirizava” a execução do serviço. “Houve a venda superfaturada de veículos para motoristas, que ainda recebiam o direito de explorar as linhas”, explica.

Foi apurado que, durante o período, a prefeitura atestava o cumprimento do contrato mesmo sem fiscalizar quantos quilômetros, de fato, os veículos rodavam. “A fraude nas licitações e na execução dos contratos ocasionaram desvio de dinheiro público e lavagem de dinheiro, sem falar na má prestação do serviço”, acrescenta o promotor de Justiça, lembrando que um adolescente morreu após sofrer uma queda de um ônibus da empresa devido às más condições do veículo.

A operação  contou com a participação de três promotores de Justiça, oito servidores do MPMG, 24 delegados e 181 investigadores e escrivães da Polícia Civil.

Fonte: MPMG

A PREFEITURA MUNICIPAL DE MANGA, através das Secretarias de Educação e Transportes realiza em parceria com o SEST SENAT O CURSO DE CONDUTORES DE VEÍCULOS DE TRANSPORTE ESCOLAR, em dois finais de semana de curso intensivo.

O curso tem a finalidade de aperfeiçoar, instruir, qualificar e atualizar condutores, habilitando-os à condução de veículos de transporte escolar de passageiros; oferece aos condutores o acesso a um conteúdo educacional de alta qualidade, o debate de temas, reflexão e informações atuais sobre a legislação, segurança veicular e boas práticas no processo de transporte escolar.

Participam desse momento, os Motoristas de Manga e Montalvânia.

A Prefeitura realiza esse importante investimento, para que os nossos alunos possam ter o correto atendimento ao utilizar o transporte escolar.

Texto e Foto: Adm Manga

 

A Prefeitura Municipal de Manga, através da Secretaria Municipal de Educação de Manga-MG, em parceria com a Cáritas uma entidade que trabalha na defesa dos direitos humanos, da segurança alimentar e do desenvolvimento sustentável solidário, realizou no salão de reuniões da Prefeitura Municipal de Manga-MG, no período de 18 à 21 de julho,uma capacitação para gestores e professores das escolas da rede Municipal e Estadual da área rural, com a proposta de orientar quanto o funcionamento do “ Projeto Cisternas nas Escolas” que tem como objetivo levar água para as escolas rurais do Semiárido, utilizando a cisterna de 52 mil litros como tecnologia social para armazenamento da água de chuva. A chegada da água na escola tem um significado especial porque possibilita o pleno funcionamento deste espaço de aprendizado e convivência mesmo nos períodos mais secos.
As escolas selecionadas são aquelas que estão localizadas nas comunidades sem sistemas de abastecimento regular de água potável, com nível alto de semiaridez e grande número de crianças. Essas três informações são critérios para a definição das escolas que serão contempladas pelo projeto.
A ação desenvolvida, começa pela mobilização da sociedade civil, comunidade escolar e poder público municipal para que todos se envolvam numa proposta que vai além de proporcionar à escola uma forma de armazenamento de água da chuva.
O maior legado do projeto é envolver todos esses atores – diretores, professores, alunos, pais, funcionários da escola, prefeitura e secretarias municipais – em torno de uma proposta que vai discutir o direito à água de qualidade e o uso sustentável desse bem.
Dentro da sala de aula, a chegada da cisterna na escola possibilita que os conteúdos estudados tenham a ver com a realidade local. Os professores e alunos têm uma oportunidade de debater sobre a questão da água no Semiárido não a partir da perspectiva da escassez e da falta, mas a partir de uma visão crítica sobre a histórica concentração da água, fruto da forte desigualdade social da região e do país. Essa visão crítica também desmistifica a imagem do Semiárido como um local inóspito e sem vida.

Texto: Adm Manga

Calendário de Eventos

August 2017
S M T W T F S
30 31 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31 1 2

Login

Colaboradores

Tita



Powered by Norticias®.